A História do Bingo

O bingo teve a sua origem por volta de 1530, quando a Itália foi unificada. Os Italianos criaram uma lotaria nacional denominada “Lo Giuoco del Lotto d’Italia” que ainda é jogada todos os sábados na Itália. Por volta de 1778 os Franceses ouviram falar sobre este jogo e adaptaram-no aos seus próprios propósitos, fazendo pequenas alterações ao jogos, incluindo no cartão que mais tarde dividiram em três linhas horizontais e nove linhas verticais. As linhas verticais continham números de 1 em 10 na primeira linha, de 11 a 20 na segunda linha e assim sucessivamente até ao número 90. Não existiam cartões iguais.

Por volta do ano de 1929 a popularidade do jogo já tinha cruzado o oceano e chegou até Jacksonville em Georgia, onde um vendedor ambulante falou sobre o jogo que tinha encontrado na Alemanha no ano anterior. Os Alemães também tinham a sua própria versão do jogo desde o ano de 1800, mas era apenas um jogo infantil utilizado para ajudar as crianças a aprenderem matemática, aprenderem a escrever as palavras, bem como aprender história. Foi então que numa tarde em Nova Iorque o vendedor de brinquedos Edwin S. Lowe deu a conhecer o jogo quando todas as suas cabines estavam fechadas, à exceção de uma. Nesse dia, essa cabine tornou-se repleta de pessoas a querem ver o novo jogo. A ação estava toda centrada numa mesa em forma de ferradura onde vários cartões numerados e feijões secos cobriam toda a mesa. O jogo estava a ser jogado como uma variante da lotaria Italiana original ao que se deu o nome de Beano.

A pessoa responsável por sortear os números tinha vários discos numerados a partir de uma caixa de tabaco, enquanto os jogadores marcavam os números à medida que os mesmos eram sorteados, colocando um feijão seco sob o número correspondente. Quando completavam uma linha diziam “Beano”.

Lowe voltou a casa em Nova Iorque onde decidiu começar a organizar este novo jogo bastante apelativo, o Bieno. Os seus amigos gostavam tanto de jogar ao jogo com o mesmo entretenimento e gosto que ocorria durante os jogos de Carnaval. Durante um jogo uma mulher ficou tão entusiasmada por ter completado uma linha que em vez de dizer “Bieno” disse “Bingo”, dando assim origem ao nome pelo qual conhecemos o jogo hoje em dia.

As versões mais antigas do jogo eram muito engraçadas mas de cada vez que era jogado saiam sempre quarto ou cinco vencedores, o que era de certa forma um problema. Lowe decidiu que eram necessários mais números para reduzir as possibilidades de saírem tantos jogadores vencedores, por isso ele procurou a ajuda de um professor de matemática da Universidade de Columbia, o ser nome era Carl Leffler. O pedido de Lowe consistia em que o professor desenhasse 6.000 cartões de bingo novos em repetir grupos de números. O professor conseguiu concluir essa tarefa e assim nasceu a empresa da Lowe com os 6.000 cartões únicos. Diz-se que Leffler enlouqueceu depois disso.