Casino Trump Taj Mahal Vendido por Uma Fração do Seu Valor

Donald Trump pode ter escrito “The Art of the Deal” (A Arte de Negociar), mas foram os Indios Seminolas que conseguiram um negócio excelente ao comprar um casino opulente construído pelo homem que é agora Presidente dos Estados Unidos.

O Trump Taj Mahal – casino em Atlantic City, cidade coração de casinos em New Jersey – que o magnata construiu por 1.2 biliões de dólares em 1990, vale agora uma parte pequena parte desse valor.

Os documentos submetidos na Securities and Exchange Comission revelaram que o preço que o bilionário, Carl Icahn recebeu da Hard Rock Internacional pelo casino já fechado: a quantia de 50 milhões de dólares. A venda foi muito polémica na altura, sem dúvida um excelente negócio considerando o valor da construção.

Trump referiu-se ao casino como “a oitava maravilha do mundo” a quando da abertura. Viria a cortar os laços com o casino em 2009, ainda que continuasse a reter uma pequena parte no negócio relativa ao direito do uso do seu nome.

Essa pequena percentage de no negócio chegou ao fim no ano passado quando Icahn adquiriu a empresa Trump Entertainment Resorts, que tinha caído em bancarrota. Icahn e o sindicato dos trabalhadores do principal casino em Atlantic City não conseguiram chegar a um acordo para assegurar os benefícios fiscais e de saúde. O sindicato decidiu então entrar em greve.

Em Outubro, Icahn decidiu fechar o casino dizendo que não havia forma de fazer lucro, lamentando ainda as perdas que já atingiam os 350 milhões de dólares. Icahn continua a ser dono do antigo casino Trump Plaza que fechou as portas em Setembro de 2014.

A Hard Rock, que é detida pela Tribo Índia Seminola da Florida, planeia reabrir o casino Taj Mahal em 2018 depois de resolver os assuntos relacionados ao casino e tirar todas as referências a Trump.

A Hard Rock espera gastar 375 milhões de dólares em renovações que vão contar com alguma da maior coleção musical do mundo. Os hóspedes dos hotéis poderão mesmo ter acesso a guitarras elétricas Fender para tocarem nos seus quartos.

Além de ter visto uma oportunidade num mercado que parece estar a estabilizar depois do fecho de cinco dos seus doze casinos desde 2014, este negócio faz sentido também de outra forma para a Hard Rock.

A empresa que iniciou uma parceria com o operador da Meadowlands Racetrack, Jeff Gural, planeia construir um resort de casino em East Rutherford, localizado à saída de Nova Iorque se os votantes de New Jersey decidirem emendar a constituição estatal para permitir jogar em casinos fora de Atlantic City.

A esperança continua em alta ainda que um referendo que visava permitir essa manobra foi estrondosamente derrotado em Novembro.

Embora a nova legislação esteja presumivelmente escrita para a próxima tentativa de expansão de casinos, as regras do ano passado deram aos donos dos casinos já existentes em Atlantic City a primeira possibilidade de obterem uma das duas novas licenças que teriam sido criadas quando a nova medida que foi a votos estivesse aprovada.

Sendo agora dona do antigo Taj Mahal, a Hard Rock estará numa boa posição para operar uma licença de casino do Norte de New Jersey caso o caminho legislativo se alinhe com a expansão.

 

Comments are closed.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...